IDIOMA

 
 
 

SOCIAL

 
 
 
 
 
 
Serviços de A a Z
Radio

RÁDIO WEB

Quarta, 19 de outubro de 2011, 11h08 | Tamanho do texto: A- A+

História de Mato Grosso


Cuiabá - MT

As primeiras incursões do mundo ocidental no território que é hoje conhecido como Mato Grosso, deu-se no período de 1525, quando o navegante Pedro Aleixo Garcia partiu em direção à Bolívia, seguindo as águas dos rios Paraná e Paraguai.

Mais tarde, com a descoberta de ouro e diamante na região, chegaram os portugueses e espanhóis. Com os garimpeiros vieram também jesuítas, que criaram Missões entre os rios Paraná e Paraguai, com o objetivo de assegurar os limites de Portugal, já que as terras estavam nos limites da Espanha por conta do Tratado de Tordesilhas.

Em 1748, foi criada a capitania de Mato Grosso, concedendo a coroa portuguesa isenções e privilégios a quem ali quisesse se instalar. Foram feitas diversas expedições financiadas por Portugal. Essas expedições partiam de qualquer lugar do Brasil e não ultrapassavam o Tratado de Tordesilhas. Mais tarde, as chamadas bandeiras foram financiadas pelos paulistas. Somente eles foram ao oeste, ultrapassando a linha de Tordesilhas.

As expedições feitas pelos paulistas tinham caráter econômico: queriam mão de obra escrava indígena, ouro e pedras preciosas. Para fiscalizar a exploração do ouro e da renda, a região de Mato Grosso era subordinada à Capitania de São Paulo, governada por Rodrigo César de Meneses. O governador da capitania mudou-se para o arraial e logo a elevou à categoria de vila chamando-a de Vila Real do Bom Jesus de Cuiabá.

O nome Mato Grosso foi cunhado pela primeira vez pelos irmãos Fernando e Artur Paes de Barros em 1734, quando atrás dos índios Parecis, descobriram uma mina de ouro situadas nas margens do rio Galera, no vale do Guaporé. Apelidaram o lugar de Minas do Mato Grosso.

Mato Grosso, que era o segundo maior estado do Brasil, foi desmembrado na década de 1970 com a criação do estado de Mato Grosso do Sul. Após a divisão, o Pará tomou a posição de segundo maior estado, mas, mesmo após ter pedido mais de 350 mil quilômetros quadrados, Mato Grosso ainda ocupa a terceira posição.

O principal argumento utilizado para a divisão do estado foi a dificuldade em desenvolver a região diante da grande extensão e diversidade. A assinatura do decreto que estabeleceu a divisão aconteceu em 11 de outubro de 1977. No entanto, a criação do novo Estado ocorreu, efetivamente, em 1º de janeiro de 1979. Foi o presidente Ernesto Geisel quem decidiu pela divisão e assinou a Lei Complementar número 31.

Fonte
SIQUEIRA, Elizabeth Madureira, História de Mato Grosso, Mato Grosso, 2002
COELHO, Felipe Nogueira. Memórias cronológicas da capitania de Mato Grosso. UFMT, 1976.

Galeria de Governadores


Mato Grosso foi governado por 28 presidentes nomeados pelo Imperador, até à Proclamação de República, ocorrida a 15/11/1889. Durante o período republicano o estado teve ao todo 53 governadores.

 
 
 
 
 

Mais sobre este assunto: