IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Sexta, 19 de outubro de 2012, 16h55 | Tamanho do texto: A- A+

PREVENÇÃO

Bombeiros intensificam vistorias contra incêndio e pânico em Várzea Grande

EMILLY MENESES
Assessoria/Corpo de Bombeiros-MT
Ednilson Aguiar/Secom-MT
Ten. Cel  BM Vagner
Ten. Cel BM Vagner Jorge Santino

O 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros em Várzea Grande é responsável por supervisionar, coordenar e monitorar as políticas de gestão e planejamento da Seção de Segurança Contra Incêndio e Panico no município, busca e salvamento de pessoas, socorros de urgência e emergência, proteção ambiental, além de gerenciar os dados estatísticos de sua responsabilidade, atuando de maneira preventiva.

Responsável pelo Batalhão que atende, além de Várzea Grande, outros cinco municípios: Jangada, Nobres, Rosário Oeste, Nossa Senhora do Livramento e Poconé, o comandante da unidade, tenente-coronel BM Vagner Jorge Santino, fala nesta entrevista sobre os trabalhos do batalhão, especialmente no foco da prevenção contra incêndio e pânico e afogamentos.

Como está sendo feita a prevenção contra afogamentos?

Ten. Cel. BM Vagner - Focamos nos locais com maior número de afogamentos, como a região da Passagem da Conceição. Nos últimos dez anos tivemos um índice de 80 afogamentos com óbito no local. Nos dias de maior fluxo, uma guarnição dos bombeiros é encaminhada para o local para fazer a prevenção delimitando as áreas de banho com boias. No primeiro trimestre do ano passado tivemos 12 afogamentos, e no primeiro trimestre deste ano 11 afogamentos com óbito.

Como é feito o planejamento de vistorias contra incêndio e pânico?

Ten. Cel. BM Vagner - Implantamos a Seção de Segurança Contra Incêndio Pânico em 2011, em Várzea Grande, e temos foco específico em ruas com grande concentração de comércio e pessoas. Em parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), Conselho Regional de Psicologia (CRP) e Conselho Regional de Serviço Social (Cress), o 2° Batalhão está fiscalizando escolas e indústrias dentro da sua área de atuação. Atualmente o batalhão está intensificando as vistorias estendendo aos postos de combustível e distribuidoras de gás.

Quantos estabelecimentos foram vistoriados esse ano pelo 2º batalhão?

Ten. Cel. BM Vagner - Em 2012 foram 786 notificações realizadas. Esse número é quase três vezes maior que as fiscalizações realizadas durante o ano passado, e tem como foco garantir a segurança da população varzea-grandense. Temos uma equipe qualificada para fazer essa vistoria. São militares que passam por treinamento pela Diretoria de Serviço Contra Incêndio e Pânico (DSCIP) do Corpo de Bombeiros.

Qual é a punição para os estabelecimentos irregulares?

Ten. Cel. BM Vagner - O estabelecimento notificado tem um prazo de 30 dias para dar entrada no processo de regularização. Não cumprindo esse prazo estabelecido, é novamente notificado e multado, e se a multa não for paga e o processo regularização não for a aberto o estabelecimento recebe a segunda multa e é interditado. O estabelecimento só consegue novamente a liberação após o pagamento das duas multas, e regularização da empresa. A maioria das interdições ocorre em locais de festas que muitas vezes são promovidas sem nenhuma estrutura.

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: