IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Terça, 10 de março de 2015, 14h53 | Tamanho do texto: A- A+

PARTICIPAÇÃO

Governo discute políticas de turismo com as mulheres

Intenção é fazer gestão compartilhada com instituições governamentais federal e municipais. Chapada e Pantanal serão tratados com prioridade

D`LAILA BORGES
Assessoria/Sedec
Mayke Toscano/Gcom-MT
Balanço dos 60 dias de governo
Balanço dos 60 dias de governo

No mês em que se comemora o Dia Internacional das Mulheres, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) reuniu nesta terça-feira (10.03) empresárias do trade turístico para apresentar os resultados da pasta nos primeiros 60 dias e as metas do governo para o turismo.

O encontro foi realizado pelo secretário adjunto de Turismo, Luiz Carlos Nigro, que pediu a colaboração das mulheres no desenvolvimento de políticas públicas voltadas ao setor. Ele disse que o governo quer ouvir as mulheres. “Sempre que discutimos políticas públicas para o turismo temos empresários à frente, mas com grandes mulheres a seu lado, então por que não chamarmos essas mulheres para discutirmos diretamente com elas também?”, pontuou.

Nos primeiros 60 dias de governo, a Sedec mapeou os principais atrativos do Estado, fez um levantamento primário de dados do turismo, um calendário mensal de eventos e a sua normatização. Também montou uma sistemática de monitoramento e avaliação compartilhada com a Tradetur, auditou, ajustou executou, contratou repasses firmados e reavaliou intervenções propostas de reenquadramento em projetos do Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

Metas

O governo do Estado pretende fazer uma gestão compartilhada com a Organização Mundial do Turismo, Ministério do Turismo (MTUR), e Fóruns Estadual e Municipais de Turismo. Chapada e Pantanal serão tratados com prioridade.

Para cumprir essas metas irá fortalecer o Fórum Estadual de Turismo, fazendo com que esteja cada vez mais presente na política de turismo do Estado. Para tanto irá reformular seu regimento, analisar sua atribuição e constituição, definir a frequência, a sistemática de reuniões, as pautas e o modelo de governança compartilhada de projetos de turismo.

Conforme o secretário adjunto entre as diretrizes a seguir está o programa de regionalização do MTUR para o desenvolvimento do destino; a atuação de forma integrada no destino turístico definido; o fomento à integração do trade turístico e municípios envolvidos, a concepção e execução dos projetos, visando o desenvolvimento regional; a captação de recursos e a promoção de parcerias para a execução dos projetos e elaboração de uma política estadual do turismo, o que é base para o planejamento.

 

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: