IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Terça, 10 de novembro de 2015, 11h20 | Tamanho do texto: A- A+

INFRAESTRUTURA

Estado economiza R$ 40 milhões com substituição de pontes

Número foi destacado pelo governador Pedro Taques durante entrevista no programa Roda Viva

SIMONE ISHIZUKA
Assessoria/Sinfra-MT

A economia de mais de R$ 40 milhões obtida com a substituição de pontes de concreto por bueiros celulares nas obras rodoviárias do Estado foi um dos pontos destacados pelo governador Pedro Taques, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, exibido na noite desta segunda-feira (09.11).

A diminuição do custo é resultado de estudos técnicos da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra), realizados nas seis regiões de Mato Grosso, que comprovaram a viabilidade das mudanças.

Durante o programa, Taques explanou sobre as formas de economia promovidas ao longo dos primeiros 10 meses da atual gestão. Dentre elas, estão a fiscalização e auditoria promovidas pela pasta de Infraestrutura e Logística.

“Nós tínhamos pontes que estavam contratadas, no entanto, nós fizemos a fiscalização e no lugar de ponte, foi constatado que seria possível colocar bueiro celular, que é bem mais barato e economizamos R$ 41 milhões”, frisou.

De um total de 127 pontes de concretos instaladas no Estado, foi constatado que 33 apresentam condições de serem substituídas por bueiros celulares. As intervenções estão sendo feitas em diversos pontos de nove rodovias estaduais.

Os bueiros celulares são galerias de concreto armado, em formato quadrado retangular por onde é possível passar um grande fluxo de água de rios e córregos. Com a mesma durabilidade de uma ponte de concreto, as estruturas são projetadas a atender o curso de água no local onde são instalados.

Segundo a secretaria, a definição das rodovias foi feita conforme a necessidade estrutural e logística de cada pista, uma vez que as elencadas para estas substituições possuem maior escoamento do Estado e estavam mais danificadas devido à falta de manutenção em anos anteriores.

“Ações estratégicas como estas contribuem com uma das metas da nossa atual gestão é que economizar, e fazer o melhor uso do dinheiro público, atendendo a determinação do nosso governador”, afirmou o titular da Sinfra, Marcelo Duarte. Ainda conforme o secretário, outras 100 pontes passam por análise para possível substituição.

Infraestrutura

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: