IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Domingo, 22 de novembro de 2015, 12h30 | Tamanho do texto: A- A+

PARALÍMPIADAS ESCOLARES

Alunos de MT embarcam nesta segunda-feira para os jogos em Natal

Essa será a primeira vez que Estado terá representantes na competição

MARCIO CAMILO
Assessoria/Esporte e Lazer

André Romeu/Gcom-MT
Atletas que vão representar MT nos jogos Paralímpicos Escolares
Atletas que vão representar MT nos jogos Paralímpicos Escolares

A delegação que irá representar Mato Grosso nas Paralímpiadas Escolares 2015 embarca na madrugada desta segunda-feira (23) com destino à Natal (RN) – cidade sede do evento. Ao todo a equipe possui 27 membros, sendo 13 para-atletas juvenis. Essa será a primeira vez que Mato Grosso terá representantes na competição.

A delegação conta com atletas nas modalidades de judô (três), natação (dois), tênis de mesa (um), além de uma equipe de Goalball (quatro jogadores) e outra de atletismo (quatro atletas). O staff também conta médicos, enfermeiros, dirigente, chefe de delegação e técnicos para todos os atletas.

Prestes a participar dos jogos pela primeira vez, a técnica de natação, Leiner Regina, treinou durante seis meses o aluno Natã Mendonça dos Santos, da escola municipal Silvio Ribeiro, localizada em Colíder.

Natã, que não tem uma das mãos, vai competir no nado livre de 50 metros. “Fizemos todo esforço possível para prepará-lo da melhor maneira. Com certeza será uma grande experiência, tanto para mim quanto para ele”, destacou a técnica.

Regina ressaltou que tem sido muito gratificante treinar o jovem para-atleta de apenas 14 anos. “O Natã serve de exemplo para mostrar que é possível exercer um esporte com qualidade, apesar das limitações. E isso é motivação para muita gente que não possui deficiência física”.

Conforme o chefe da delegação, Marcione Mendes, esse é um momento único que irá estimular a prática esportiva entre os deficientes físicos de Mato Grosso. “Acredito que esses jogos irão mudar a vida desses alunos, pois será uma fase de muita interação e aprendizado”, destacou Mendes que há 20 anos pratica basquete de cadeira de rodas.

“Aprendizado” é a palavra de ordem da delegação, já que o objetivo é realizar os jogos escolares paralímpicos do Estado e o Paradesporto (com atletas de todas as idades) no ano que vem, em Mato Grosso.

Será enviada uma equipe técnica para coletar todas as informações referentes à realização dos jogos em Natal. “O intuito maior não é competir, mas sim termos um olhar de aprendizagem durante a competição, já que a intenção é realizar os jogos paralímpicos regionais e estaduais”, destacou o coordenador da Superintendência de Políticas Esportivas Especiais, da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), Luiz Tamba. Ele também é o dirigente da delegação de Mato Grosso.

Staff e alunos irão se reunir neste domingo (22) a noite, no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá. Mais tarde a equipe segue para o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, onde haverá o embarque às três horas da madrugada.

A delegação de Mato Grosso conta com o apoio logístico da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer, que custeará as passagens de todos os membros da equipe (atletas e staff técnico).

Já a Secretaria de Estado e Educação (Seduc) oferece todo o suporte e treinamento para os professores da rede estadual preparar os estudantes-atletas com deficiência física. A Seduc também vai custear os uniformes de todos os membros da delegação.

Paralímpiadas Escolares

A competição que será sediada em Natal, entre os dias 23 e 28 de novembro, é considerada o maior evento paradesportivo escolar do mundo. Os jogos, que são organizados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), conta com mais de 700 para-atletas juvenis de 24 estados do Brasil e do Distrito Federal, que disputam oito modalidades. Além dos brasileiros, jovens britânicos são convidados das Paralimpíadas pelo terceiro ano consecutivo.

 

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: