IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Quarta, 11 de novembro de 2015, 18h41 | Tamanho do texto: A- A+

MUSEU HISTÓRICO

Zeilton Mattos apresenta sua nova fase criativa em exposição

ANGÉLICA MORAES
Secel-MT

Divulgação
Exposição Elementos em Cena, de Zeilton Mattos
Exposição Elementos em Cena, de Zeilton Mattos

O artista plástico Zeilton Mattos mostra sua nova fase criativa na exposição Elementos em Cena, em cartaz no Museu Histórico de Mato Grosso até o dia 11 de dezembro. A mostra individual apresenta ao público uma arte plural, totalmente multifacetada.

                           
Nas primeiras fases do seu trabalho Zeilton realizou, com maestria, um interessante casamento entre suas mulheres extremamente femininas, abarcadas por cores vivas e rodeadas de peixes, mangas, romãs e violas de cocho revelando para além da brasilidade, sua ancestralidade negra.

                            
Agora o artista chega detalhista, mas igualmente apaixonado e, mais do que nunca, abusa da irreverência dando vida aos seus elementos. Ao tirá-los da tela, deixa-os propositalmente interagir com o público.

                    
Assim recria seus ícones e os fazem perambular em meio à exposição, realizando uma intervenção urbana com sua a galinha de angola, seu galo, sua romã e a viola de cocho.

                                  
Nas telas estão as galinhas d’angola, o galo com ares semióticos e um pavão pronto para encantar; as romãs para significar a prosperidade e as libélulas que bem ilustram a transformação. 
Eles vêm enormes, posicionados em lugares estratégicos da cidade, mais particularmente nos contornos das avenidas. Eles estão ali prontos para serem observados, acariciados pelos transeuntes.

                         
Já na exposição no Museu Histórico os visitantes também vão encontrar seus ícones fora das telas, mas em tamanho natural. É o desejo incontido do artista em recriar, no concreto, no espaço da mostra e, sobretudo, na tela seu jardim imaginário.

                          
Zeilton coleciona prêmios em várias exposições como artista revelação ano 2002 em Cuiabá e artista revelação no XXI Salão Jovem Arte Mato-grossense, em 2003. Realizou várias exposições coletivas e individuais, em Cuiabá e em outros estados como Rio e São Paulo. Em Brasília, no Senado, participou de uma coletiva como artistas vindos da Suíça, Alemanha, Portugal e Espanha.

                           
Recebeu elogios dos críticos de arte do quilate de Luis Ernesto Kawall, membro da Associação Paulista e Brasileira de Críticos de Artes e ainda do argentino Oscar D'Ambrósio, membro da Associação Paulista, Brasileira e Internacional de Críticos de Arte.

                            
Suas obras constam do acervo do Sesc Arsenal e Centro de Eventos do Pantanal. O pintor, que é autodidata, teve grande influência de Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti e Picasso.

                            
Sempre em busca do novo, entre os projetos futuros Zeilton cita a criação de mulheres em barro e, para isso, conta com o apoio das ceramistas da comunidade São Gonçalo Beira Rio.

                                 
Programação do Museu – Por conta da 31ª Bienal de São Paulo, em exposição no Palácio da Instrução, ao lado do Museu Histórico, o horário de funcionamento em novembro foi modificado. A programação deste mês, no entanto, segue bastante variada.

                                       
Além da exposição do acervo permanente do MHMT, que pode ser conhecida também em visitas guiadas de terça a sexta-feira, das 14h às 17h, há o Sarau no Museu, com artistas e músicos convidados e palco aberto, às sextas-feiras das 19h às 22h.

                                  
No dia 14 de novembro acontece mais uma edição da Feira do Vinil e Antiguidades, com a troca, compra e venda de discos e outros objetos, das 10h às 16h.

                                 
Às terças e quintas-feiras, das 14h às 20h, acontecem aulas de percussão com o professor Josué Carvalho e, às sextas-feiras, das 14h às 16h, o projeto Pintura no Museu com o artista e professor Zeilton Mattos. A exposição dos trabalhos destes alunos de pintura será no dia 27 de novembro.

                             
O Museu Histórico de Mato Grosso também integra o projeto Museu vai à escola, com visitas guiadas de participantes do Projeto Siminina e de alunos de escolas públicas de Cuiabá.

                          
Serviço – A exposição Elementos em Cena, de Zeilton Mattos, fica em cartaz até o dia 11 de dezembro no Museu Histórico de Mato Grosso, localizado na Praça da República, centro de Cuiabá. O horário de visitação é de terça a sexta-feira, das 8h às 20h, sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. A entrada é gratuita.

Galeria de Fotos:

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: