IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Quarta, 18 de novembro de 2015, 16h54 | Tamanho do texto: A- A+

INDÍGENA

Projetos esportivos chamam atenção da Embaixada da Nova Zelândia

MARCIO CAMILO
Assessoria/SEC-MT

A Superintendência de Políticas Esportivas Especiais, da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), fez uma apresentação das atividades que desenvolve com os povos indígenas de Mato Grosso à Comitiva da Embaixada da Nova Zelândia. O país da Oceania tem firmado constantes parcerias com o Governo do Estado, no que se refere à valorização dos povos tradicionais.

A apresentação da superintendência ocorreu nesta terça-feira (17), na Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), juntamente com outros órgãos estaduais que também desenvolvem trabalhos com as etnias indígenas.

Na oportunidade, o coordenador esportivo Luiz Tamba citou as atividades na área do esporte a fim de valorizar os povos indígenas do Estado. Uma delas foi o 8º Encontro dos Povos Indígenas, que ocorreu no mês de abril, no Museu de Pré-História Casa Dom Aquino, em Cuiabá, e envolveu a presença de cinco etnias. “Esse encontro serviu para elaborarmos os jogos estaduais indígenas e estabelecer uma boa relação entre índios e não índios”.

Outro evento importante que teve apoio técnico e financeiro da SEC foi o 1º Fórum Nacional de Políticas Públicas de Esporte e Lazer para os Povos Indígenas, que também ocorreu no mês de abril.

Ainda para este ano, Tamba acrescentou que a superintendência vai apoiar a realização dos II Jogos Interculturais dos Povos Indígenas, na cidade de Campo Novo do Parecis, que vai reunir 14 etnias de Mato Grosso. Dentro do programa de ações também está previsto a realização do 1° Festival Cultural e Práticas Corporais dos Povos e Comunidades Tradicionais na Região do Vale do Rio Cuiabá.

A embaixadora da Nova Zelândia, Caroline Bilkey, e o vice-diretor geral de Programas e Parcerias do Ministério das Indústrias Primárias do país, Bem Dalton, elogiaram o trabalho desenvolvido. “Foi muito interessante o convite para conhecemos de perto esses trabalhos incríveis que são desenvolvidos para promover a inclusão dos índios e outros povos vulneráveis”, ressaltou a embaixadora neozelandesa.

Em Mato Grosso, o Governo da Nova Zelândia tem apoiado uma série projetos sociais voltados para os povos indígenas. Uma das iniciativas foi a doação de US$ 4.600 dólares (o equivalente a mais de R$ 10 mil reais) à biblioteca da escola indígena localizada no município de Barra do Garças, na terra indígena de São Marcos. O recurso foi utilizado para a compra de livros, armários, filmadoras, além de outros materiais didáticos.

Além da Superintendência de Políticas Esportivas Especiais também apresentaram seus projetos as secretárias de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), Casa Civil, Universidade de Mato Grosso (Unemat) e o grupo de teatro Cena Onze.

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: