IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Sábado, 14 de novembro de 2015, 09h41 | Tamanho do texto: A- A+

AGRICULTURA FAMILIAR

Feira do Porto deve ser revitalizada até março

Emenda do deputado Fabio Garcia assegura readequação

DURCY ARÉVALO
Assessoria/Vice-Governadoria

 

Durcy Arévalo/Vice-governadoria
http://www.secom.mt.gov.br//storage/1/webdisco/2015/11/13/374x280/5a8e43d7e2ee6a2df7f1b18d174a3171.jpg

Com o objetivo de fomentar a economia na capital, além de incentivar a agricultura familiar e estimular o potencial turístico da região, o governo do Estado trabalha em conjunto com a prefeitura para angariar recursos para o projeto de revitalização da Feira do Porto. A expectativa é que a licitação para execução do projeto ocorra até março de 2016.

Com a missão recebida do governador Pedro Taques de estruturar a agricultura familiar no Estado, o vice-governador Carlos Fávaro, acompanhado do deputado federal Fabio Garcia e do secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Cuiabá, Domingos Sávio, se reuniu na tarde de quinta-feira (12.11) com a ministra interina da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Maria Emilia Jaber, em Brasília para apresentar o projeto.

O grupo foi a Brasília pedir ao Mapa recursos da emenda de bancada do Ministério para o projeto. A ministra explicou que só há uma emenda de bancada por estado e que a mesma já foi utilizada. Maria Emilia sugeriu que os recursos para a execução do projeto fossem obtidos com uma emenda individual, de um parlamentar.

Diante disso, o deputado federal Fabio Garcia se colocou à disposição em destinar parte de sua emenda de 2015/2016 para reforma do Mercado do Porto. Agora é preciso readequar o projeto e enviar ao Mapa para liberação.

“Esse é um espaço importante dentro de Cuiabá que permite que as pessoas tenham acesso aos produtos produzidos aqui. Além de se tratar de uma área cultural e histórica de Cuiabá. Entendemos a importância desse espaço e vamos destinar parte da nossa emenda para essa reforma que permitirá que a população possa usufruir de um espaço mais adequado tanto para comercialização ou confraternização”, disse o deputado.

O vice-governador Carlos Fávaro destacou a importância da feira. “O mercado do Porto é entendido como um lugar simbólico e carregado de significados para a cultura regional. Essa reforma além de valorizar a cultura cuiabana e oferecer um espaço adequado, vai incentivar e fomentar a produção na pequena propriedade, estimulando a economia local”.

O secretário Domingos explicou que a intenção é que a Feira se torne o Mercado do Porto, a exemplo de outras cidades que tem um mercadão municipal. “Esse é um sonho antigo nosso. Queremos fazer do local um ambiente de lazer para às famílias cuiabanas. E para isso, precisamos desenvolver, dentro dos recursos, projetos que tragam essas características de modernidade”, disse Domingos Sávio.

O projeto de revitalização traz como destaque a transformação da praça de alimentação com a construção de um mezanino-pavimento localizado entre o andar térreo e o primeiro andar.

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: